Conquiste
novos mercados

Boletim Informativo
29.03.2019

As cotações futuras do café arábica fecharam com 50 pontos de alta nesta sexta-feira  na Bolsa de Nova York. O mercado estendeu ganhos com atenção ao câmbio e dados sobre a oferta global do grão. A cotação para vencimento maio 2019 fechou o dia a 94,50 cents/lb com alta de 50 pontos. Na semana as cotações acumularam alta de 60 pontos, já no mês de marco a queda acumulada foi de 425 pontos.

Conforme dados da EMBRAPA Café, “A produção mundial de café para a safra 2018-2019 está estimada em aproximadamente 174 milhões de sacas, volume que representa um crescimento de 34% em relação às 130 milhões de sacas produzidas há uma década, na safra 2009-2010. Nesse contexto, o maior país produtor mundial de café, que é o Brasil, em 2018, colheu 61,66 milhões de sacas, o que representa em torno de 35% da produção mundial. O Vietnã, segundo maior produtor, com 30,4 milhões de sacas, corresponde a 17,5% da produção mundial, e o terceiro – Colômbia -, que produziu 14,3 milhões de sacas, sua safra equivale a 8,2% da produção do planeta. Nos últimos dez anos, a safra brasileira de café teve crescimento de 56% no volume produzido, passando de 39,5 milhões de sacas em 2009 para 61,66 milhões de sacas em 2018. Entretanto, nesse mesmo período, o Valor Bruto da Produção de café, que é calculado com base no volume produzido e nos preços médios recebidos pelos produtores, teve crescimento de apenas 34%, pois em 2009 a receita bruta foi de R$ 18,91 bilhões e em 2018 atingiu R$ 25,25 bilhões. Dessa forma, com base nesses dados, especificamente dos Cafés do Brasil, constata-se que, a despeito do aumento do volume de café produzido nas últimas dez safras, não ocorreu aumento do faturamento bruto na mesma proporção, em virtude de quedas sucessivas na cotação dos preços médios recebidos pelos cafeicultores. No contexto mundial, vale destacar que na safra 2009-2010 o Vietnã e a Colômbia produziram 18,5 milhões e 8,1 milhões de sacas, cujos volumes de produção registraram crescimento expressivo de 64,3% e 76,5%, respectivamente, nas últimas dez safras objeto desta análise, tendo atingido 30,4 e 14,3 milhões de sacas na safra 2018-2019.”

Mercado Futuro

Cotações ICE Futures - Nova Iorque
Contrato Fechamento (US$) Variação (%)
Maio/2020 116,65 1,52
Julho/2020 117,90 1,20
Setembro/2020 118,95 1,15
Cotações BM&F Bovespa
Contrato Fechamento (US$) Variação (%)
Setembro/2020 132,20 2,32
Dezembro/2020 0,00 0
Moedas
Moeda Fechamento (R$) Oscilação (%)
Dólar 3,9090 0,25
Euro 0,0000
Valores de fechamento do dia 29/03/2019

Mercado Físico

Tipo R$ US$
Café Peneira 17/18 (COB 2) 430,00 110,00
Café Peneira 14/16 (COB 3) 410,00 104,89
Café Bica Fina Graúdo 390,00 99,77
Café Bica Fina 380,00 97,21
Café Bica Boa 370,00 94,65
Bases apenas nominais
Maiores consumidores de café
País Volumes (sc)
União Européia 46.200.000
EUA 27.287.000
Brasil 23.530.000
Japão 8.100.000
Rússia 4.675.000
China 3.300.000
Fonte: OIC

Exportações

Exportações diárias de café
Situação Volume acumulado mensal (sc) Variação em relação ao mês anterior (%)
Emissão de certif. 2.881.712 -14
Embarques 2.164.760 -16,3
Data: 28/03/2019 - Fonte: Cecafé
Volume de café exportado pelo Brasil
Período Volumes (sc)
Estoque de Café Verde EUA (GCA)
Período Volumes (sc)

Preços NY