Conquiste
novos mercados

Boletim Informativo
28.05.2020

Os preços do mercado futuro do café arábica fecharam com queda acentuada na bolsa de Nova York nesta quinta feira. As cotações foram pressionadas pela previsão de safra divulgada pelo USDA  A cotação para vencimento julho fechou o dia a 99,10 cents/lb com 340 pontos de baixa. 

De acordo com o adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) no Brasil a safra brasileira de café 2020/21 (julho/junho), que está em colheita, deverá atingir o recorde de 67,9 milhões de sacas de 60 quilos, com aumento de 14,5% contra a safra de 2019/20, indicada em 59,3 milhões de sacas.     

O adido elevou a estimativa da safra 2019/20 em relação ao relatório anterior do USDA, que indicava produção de 58 milhões de sacas. Segundo o relatório, o recorde se deve principalmente às boas condições climáticas na maior parte das regiões produtoras. Também se deve à safra de arábica que está no ano de ciclo alto produtivo dentro da bienalidade cafeeira, que alterna anos de maior carga e produção com anos de menor carga. A safra recorde anterior foi em 2018/19, quando o país colheu 64,8 milhões de sacas, segundo o adido, também em temporada de alto ciclo produtivo.     

A safra de arábica do Brasil em 2020/21 está estimada em 47,8 milhões de sacas, 16,6% a mais que em 2019/20 (41 milhões de sacas). Já a safra de robusta (conilon) 2020/21 é colocada pelo adido do USDA em 20,1 milhões de sacas, aumento de 9,8% contra 2019/20 (18,3 milhões de sacas).     

O adido prevê exportações totais de 41,024 milhões de sacas em 2020/21 (julho/junho), com elevação de 12% sobre 2019/20, quando os embarques foram indicados em 36,624 milhões de sacas.     

O consumo interno brasileiro, segundo o adido do USDA, deverá ficar em 23,530 milhões de sacas em 2020/21, mesmo volume de 2019/20.   

  Os estoques finais de café do Brasil em 2020/21 deverão ficar em 4,786 milhões de sacas em 2020/21, contra 1,373 milhão de sacas em 2019/20

Mercado Futuro

Cotações ICE Futures - Nova Iorque
Contrato Fechamento (US$) Variação (%)
Setembro/2020 104,00 2,97
Dezembro/2020 106,55 3,00
Março/2021 108,50 2,99
Setembro/2021 111,85 2,95
Cotações BM&F Bovespa
Contrato Fechamento (US$) Variação (%)
Setembro/2020 111,50 2,20
Dezembro/2020 112,95 2,22
Moedas
Moeda Fechamento (R$) Oscilação (%)
Dólar 5,3810 2,05
Euro 0,0000
Valores de fechamento do dia 28/05/2020

Mercado Físico

Tipo R$ US$
Café Peneira 17/18 (COB 2) 640,00 118,94
Café Peneira 14/16 (COB 3) 620,00 115,22
Café Bica Fina Graúdo 580,00 107,79
Café Bica Fina 560,00 104,07
Café Bica Boa 530,00 98,49
Bases apenas nominais
Maiores consumidores de café
País Volumes (sc)
União Européia 46.200.000
EUA 27.287.000
Brasil 23.530.000
Japão 8.100.000
Rússia 4.675.000
China 3.300.000
Fonte: OIC

Exportações

Exportações diárias de café
Situação Volume acumulado mensal (sc) Variação em relação ao mês anterior (%)
Emissão de certif. 2.675.182 -8,1
Embarques 1.719.994 8,9
Data: 27/05/2020 - Fonte: Cecafé
Volume de café exportado pelo Brasil
Período Volumes (sc)
Novembro/2019 3.113.846
Dezembro/2019 2.999.402
Janeiro/2020 3.221.639
Fevereiro/2020 2.704.974
Março/2020 3.122.122
Abril/2020 3.348.601
Estoque de Café Verde EUA (GCA)
Período Volumes (sc)
Abril/2020 6.517.867
Março/2020 6.023.568
Fevereiro/2020 6.519.347
Janeiro/2020 6.669.473
Dezembro/2019 6.834.695
Novembro/2019 6.923.837

Preços NY